Características do Islam

 

 

 

Características do Islã

 


 

 

"Quanto aos crentes que tiverem praticado o bem, terão por morada jardins aconchegantes, por quanto fizeram"

 

(Alcorão surata 32:19)

 

 É importante destacar as características essenciais do Islã e de sua aplicação, para definir conceitos e  facilitar o entendimento do Islã como um todo. Entender estas características é também entender os princípios que regem a vida dos muçulmanos e determinam seu comportamento. São consideradas como características principais do Islã:

 

 

Que Allah é o poder supremo no Universo e deve estar conscientemente nas vidas dos muçulmanos. Disto decorre que:

 

 

(a) Princípios e Objetivos Universais devem governar questões humanas;

 

(b) Desde que Allah tem atributos tais como a Justiça, a Beneficência, a Misericórdia, e a Verdade, estas são também as características do Universo e as ideais para o ser humano;

 

(c) Os seres humanos não devem temer,  ou subordinar-se a nenhuma coisa, objeto, pessoa, ou princípio,  a não ser Allah. Isto libera e remove todos os limites ao desenvolvimento humano.

   

O Princípio da Unidade (Tawhid). Allah é Absoluto, Único e sem parceiros. Conseqüentemente, todas as coisas dão forma a um único sistema harmonioso e interdependente. O Universo é um, a Vida é uma, a Religião é uma, a Humanidade é uma. A unidade e a interdependência de todos os aspectos da vida - econômico, social, político, cultural e espiritual.

A necessidade para a integração psicológica, a unidade social e a harmonia com o ambiente. A partir deste princípio  todas as experiências, pensamentos, motivações e atitudes devem ser interpretadas.

 

Finalidade. Allah criou o  Universo e todas as coisas nele com Verdade e para um determinado fim. Mudança e desenvolvimento acontecem através da transmissão da verdade. Todas as coisas têm, conseqüentemente, um aspecto divino e uma finalidade.

 

Níveis. Existem diversos níveis da realidade que correspondem aos estados equivalentes da consciência. Tudo têm um aspecto externo ou manifesto  e um aspecto interno ou oculto. O mundo é, conseqüentemente, como um iceberg de que somente uma parte é vista. Entretanto, o manifesto é dependente e  indicador do oculto.

 

O Islã não deifica seu  profeta, mas faz uma distinção completa entre Allah que é auto-existente e ilimitado e aquele que  Ele criou e é limitado no espaço e no tempo. Isto remove a superstição,  particularmente o antropomorfismo. Entretanto, Allah  Se manifesta com Seus atributos no Mundo e com Seu espírito no homem. O homem tem, conseqüentemente, potencialidades ilimitadas.

 

O Alcorão é uma revelação de Allah. Os muçulmanos devem julgar todas as coisas através do Alcorão. Entretanto, há uma distinção entre o Alcorão e a interpretação dele pelo homem.

 

  O Alcorão enfatiza a verdade, o conhecimento, a meditação e o pensamento, os argumentos presentes e  aponta constantemente à natureza. O Islã prefere a ciência à filosofia, porque a ciência procura a evidência na natureza enquanto a filosofia é especulativa. A palavra " ayah” se refere aos sinais de Deus na natureza assim como aos versículos do Alcorão.

 

  As idéias no Alcorão aplicam-se à vida social e política assim como ao desenvolvimento psicológico ou espiritual, e a todo pensamento, motivação e atos humanos. O Islã traça lições a partir da forma como o cosmos funciona e a partir da natureza e da história. Os seres humanos não são, conseqüentemente, criaturas independentes e isoladas, mas parte de um processo universal.

 

  A vice-gerência do homem. O princípio da responsabilidade. O homem é um agente de Allah criado com uma finalidade e a ele foi dado a orientação apropriada, as instruções e faculdades. O homem tem responsabilidade em relação a Deus e esta inclui a responsabilidade com o planeta, com a humanidade,  os outros seres humanos e criaturas, e com ele mesmo. Será  testado e julgado de acordo com  a forma como desempenha este dever.

   

 

 

Elaborado por Maria C. Moreira, webmistress do Islamic Chat.

 

Fonte: Livro  "The Alternative Way" de Hamid S. Aziz - The Alternative Way Publications.

 

 

                                        Home                 Artigos