Homem Palestino Devolve Criança Israelense Perdida à Sua Família




 

AL KHALIL (HEBRON), 1 de Janeiro (IslamOnline) – “A ética islâmica é a razão”,  essa é a resposta que um homem palestino deu às forças de ocupação israelenses quando perguntaram a ele por que ele devolveu uma criança israelense perdida à sua família.

A estória foi publicada na revista semanal israelense ‘Kul Huzman’ no domingo, 29 de Dezembro.

Poucos dias atrás, Ismael Abu Hedayet viu uma criança perdida, Nahom, 6 anos, em sua vizinhança, e quando começou a falar com a criança em árabe a criança não o compreendeu. A criança até recusou a comer e beber inicialmente.

Entretanto, Abu Hedayet disse que após tentar falar com a criança e perguntar sobre o seu nome, ela relaxou e foi confortada pelo homem, que disse que a levaria de volta à sua família.

“Quando eu ofereci a ele comida novamente, ele disse que queria apenas beber,” disse Abu Hedayet. Ele então levou a criança até às forças israelenses das proximidades que estavam guardando o assentamento no qual a criança vive.

Abu Hedayet disse que inicialmente os soldados ficaram com medo, mas dois dias após o incidente ele foi surpreendido ao ver repórteres da revista solicitando uma entrevista, e retransmitindo a ele as saudações da família da criança.

Ele acrescentou que disse a eles que qualquer residente muçulmano teria agido da mesma forma porque essas são as éticas do Islã, e disse que isso não tinha nada a ver com o que as forças israelenses estão fazendo com as crianças palestinas diariamente.

Abu Hedayt perguntou ao repórter israelense: “O que o seu Primeiro-Ministro faria se encontrasse uma criança palestina?”

Como resposta o repórter simplesmente sorriu, e agradeceu ao palestino por sua ética.

 

Matéria publicada no site Islã Online elaborada por Mohammad Ahmad, correspondente do site Islam Online para a Palestina. Infelizmente o site Islam Online não está mais disponível.

 

                                 Home                Artigos