Autenticidade dos Hadiths Relacionados a Al

 

Autenticidade dos Hadiths Relacionados a Al-Mahdi

Data da Fatwa: 12 de Maio de 2003

Data da Resposta: 12 de Maio de 2003

Tópico da Fatwa: Aqeedah (Crença Islâmica)

Questão da Fatwa:

Você poderia me dizer os Hadiths narrados referentes a Al-Mahdi e sua significância?

Nome do Mufti: Sheikh Salman  Ibn Fahd Al-`Udah 

 

Conteúdo da Resposta:

Em Nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso.

Todos os louvores são para Allah, e paz e bênçãos sobre Seu Mensageiro.

Caro inquiridor, nós estamos muito satisfeitos por receber sua pergunta, que demonstra a sua confiança em nós. Que Allah o recompense abundantemente pelo seu interesse em conhecer os ensinamentos do Islam.

Existem muitos Hadiths narrados referentes a Al-Mahdi, variando entre sendo fabricados, fracos, confiável e autêntico. Entretanto, os Hadiths autênticos narrados a esse respeito são muito poucos. Contemplando tais Hadiths, os jurisprudentes muçulmanos concluíram o que se deve acreditar nessa questão:  a emergência de Al-Mahdi é um fato que não pode ser negado; ele nascerá antes do final desta vida e crescerá para encher a terra com justiça assim como ela foi enchida com opressão. Isso não requer que os muçulmanos esperem ansiosamente pela emergência de Al-Mahdi porque sua emergência não abrogará qualquer regra na Sharia Islâmica.

Da mesma forma, aquele que negligencia o cumprimento de seus deveres, com base em estar esperando Al-Mahdi para seguir seus passos, se desviou da senda reta que os muçulmanos devem seguir.

Respondendo à sua questão, o proeminente sábio saudita Sheikh Salman Ibn Fahd Al-`Udah, declara o seguinte:

“Mais que cem Hadiths foram narrados sobre Al-Mahdi. Esses Hadiths variam entre fabricados, fracos, confiáveis e autênticos; os autênticos são muito poucos.

Tais Hadiths são os seguintes:

1. Ali Ibn Abi Talib citou o Profeta (saws) dizendo: “Al-Mahdi é um de nós, o clã do Profeta (saws). Allah o reformará em uma noite.” (Relatado por Imam Ahmad e Ibn Maqah).

2. Tais Hadiths foram relatados por Al-Hakim; e alguns deles foram relatados por Abu Dawud, At-Tirmidhi, Ibn Maqah, Imam Ahmad e outros. Desses Hadiths, At-Tirmidhi relatou que o Profeta disse: “Al-Mahdi é da minha Ummah: ele nascerá e viverá para governar cinco ou sete ou nove anos. (Se) alguém for até ele e disser: ‘Dê-me (caridade), ele encherá a sua vestimenta com o que esse alguém precisar.’”

3. Abu Dawud também relatou um Hadith sobre Al-Mahdi que o Profeta (saws) disse: “Al-Mahdi sera da minha descendência, terá uma testa ampla e um nariz proeminente. Ele encherá a terra com equidade e justiça como ela foi enchida com opressão e tirania, e ele governará por sete anos.”

4. Também existe um Hadith relatado por Thawban (r.a) no qual o Profeta (saws) disse: “Se virem bandeiras negras emergindo de Khurasan, procurem se unir ao seu grupo mesmo se for rastejando, porque entre eles estará o califa Al-Mahdi.”  Esse Hadith foi relatado por Al-Hakim e Ahmad. Mas as cadeias de narração desse hadith são todas falsas, embora alguns estudiosos de Hadith o tenham considerado confiável no geral.

Algumas pessoas afirmaram que esse Hadith foi citado para apoiar a idéia de que Al-Mahdi emergeria dentre o Estado Abássida. 
Esse Hadith pode ser todo fabricado ou suas palavras terem sido distorcidas de modo a apoiar o Estado Abássida.

Além do descrito acima, eu gostaria de dizer que existem Hadiths relatados sobre Al-Mahdi que são verdadeiros no geral, mas a maioria deles não alcançam o nível de autenticidade. Pode ser que apenas um desses Hadiths seja considerado autêntico. Além do mais, apenas uns poucos são considerados confiáveis, enquanto a maioria deles são fracos.

Muitos sábios lidaram com a questão de Al-Mahdi, entre os quais estava Naim Ibn Hamad. Ele escreveu sobre Al-Mahdi em seu livro Al-Fitan. Embora Naim fosse um Imame da Sunnah, Ad-Darqatani, Adh-Dhahabi e Ibn Hajar mencionaram que existiram alguns Hadiths fracos e fabricados relatados por ele.

Outros que escreveram sobre Al-Mahdi são Abu Naim Al-Asfahani e Yusuf Ibn Yahyah As-Salami, cujo livro se chama “Uqad Ad-Durar. Ibn Khaldoun também escreveu sobre o assunto em seu bem conhecido livro Al-Muqaddimah. Ele declarou: “É sabido entre a maioria dos muçulmanos que Al-Mahdi é um fato.” Ele declarou posteriormente que a maioria dos sábios e Imames enfatizaram os Hadiths relatados sobre Al-Mahdi no geral, embora muitos desses Hadiths fossem controversos.

Também existem muitos sábios contemporâneos que acreditam na verdade dos Hadiths relatados sobre Al-Mahdi no geral.

Entretanto, alguns sábios negam todos os Hadiths relatados sobre o assunto. Entre esses sábios estava Mujahid, que alegou que Al-Mahdi seria Jesus, Filho de Maria. A esse respeito, Ibn Maqah e Al-Hakim relataram um Hadith fraco em que Al-Mahdi seria Jesus, Filho de Maria.

Entre os sábios recentes que acreditam nos Hadiths sobre Al-Mahdi no geral estão o Sheikh Muhammad Rashid Rida, Sheikh `Abdullah bin Zayd Aal-Mahmud, Muhammad Muhi Ad-Din `Abdul-Hamid e outros.

Os muçulmanos que pertencem a Ahl-us Sunnah (predominantes) acreditam que um homem do clã do Profeta nascerá antes do fim desse mundo e levará uma vida comum como qualquer outro; ele poderá cometer erros e precisará ser corrigido como qualquer outro.  Então Allah o escolherá para reunir os muçulmanos e guiá-los para o caminho correto.

Isso é tudo que deve ser acreditado sobre Al-Mahdi. Não existe nenhum texto religioso que diga que é um dever religioso esperar ansiosamente por ele. Além disso, os muçulmanos não devem acreditar em ninguém clamando ser Al-Mahdi a menos que exista evidência clara a esse respeito, como muitas pessoas clamaram ser.

Portanto, é requerido dos muçulmanos que eles não se precipitem em acreditar em qualquer um clamando ser Al-Mahdi; eles devem investigar e se certificar de tal coisa. 

Não existe nenhuma norma na Sharia Islâmica que tenha a ver com a emergência de Al-Mahdi. Com isso pretende-se dizer que os muçulmanos não devem retardar o cumprimento de seus deveres religiosos como as orações congregacionais ou o Jihad ou a aplicação de punições prescritas na Sharia, etc., até que Al-Mahdi venha e os guie nesse aspecto.
Os muçulmanos devem levar suas vidas normalmente – adorar a Allah, trabalhar, reformarem suas sociedades, aprender, ensinar, etc., e se Al-Mahdi aparecer e eles tiverem certeza de que é ele, eles devem segui-lo. Essa foi a atitude dos Companheiros e daqueles que verdadeiramente seguiram seus passos.”

Que Allah o guie para a senda reta e para o que Lhe agrada, Amém.

E Allah Todo-Poderoso sabe melhor.

 

Retirado do site Islam Online.

 

Voltar para Perguntas