O Paraíso é Físico

 

O Paraíso é Físico?

 

Caros sábios, As-Salamu Alaykum.  O Paraíso é físico ou é apenas uma existência espiritual?

Jazakum Allah khayran. 

Nome do Mufti: Sheikh Ahmad Kutty 

Wa `alaykum As-Salamu wa Rahmatullahi wa Barakatuh.


Em Nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso.

Todos os louvores são para Allah, e paz e bênçãos sobre Seu Mensageiro.

Caro inquiridor, nós gostaríamos de agradecê-lo pela grande confiança que nos depositou e imploramos a Allah Todo-Poderoso que nos ajude a servir à Sua causa e fazer o nosso trabalho em Seu Nome.

Respondendo à sua pergunta, o Sheikh Ahmad Kutty, um palestrante senior e sábio muçulmano no Instituto Islâmico de Toronto, Canadá, declara:

“O Paraíso, o Inferno e tudo que está além da morte pertence à categoria do que é conhecido como al-ghayb (o Oculto). Allah nos diz no Qur’an que os verdadeiros crentes são aqueles “que acreditam no oculto...” e “aqueles que tem fé firme na próxima vida.” (Qur’an, Surat Al-Baqarah: 1-5). Dessa forma, acreditamos na existência de um mundo que não é imediatamente visível para nós porque ele nos foi velado. As realidades desse mundo transcendem os confins do mundo material que nos cerca. Embora els tenham sido mantidos ocultos de nós nesse estado presente de nossa existência, nós certamente seremos expostos a eles em um estágio mais avançado em nossa vida, i.e, após a morte.

As realidades do outro mundo estão além da cognição humana. Para afirmar de outra forma, nós não podemos acessar ou saber nada sobre eles através dos meios comuns de percepção ou fontes de conhecimento que temos à nossa disposição como razão, experiência, estudo empírico, observação e análise. Embora tais ferramentas e métodos sejam verdadeiramente benéficos para a aquisição de conhecimento do mundo mundano, eles são simplesmente inúteis ou sem valor em relação às realidades do outro mundo. As pessoas cometem erros sérios quando usam essas ferramentas ou métodos para especular sobre tais realidades. Seus comportamentos não é nada diferente do de um imbecil que está tentando pesar uma montanha com uma escala projetada para o ouro.

Uma vez que não podemos usar os métodos descritos para conhecer as realidades que pertencem ao ramo do ghayb, o único método seguir de adquirir conhecimento sobre ele é exclusivamente através da revelação divina. O Qur’an é a mais autêntica de tais revelações e portanto a mais confiável fonte de conhecimento que possuímos em nossas mãos. Depois vem a Sunnah ou as tradições autênticas transmitidas do Profeta (saws), que complementam as palavras do Qur’an.

O Qur’an e Hadith provém detalhes suficientes sobre a natureza do Paraíso e do Inferno, mas enquanto lemos tais detalhes, devemos ter cautela contra a tendência de fazer comparações excessivas entre as coisas dos dois mundos, aquelas do mundano e aquelas da Outra Vida. Tais descrições do outro mundo nas fontes devem ser propriamente compreendidas como se referindo à experiências de um ramo que não é acessível a nós e que é incomparável em sua essência; porque as ferramentas e linguagens do mundo mundano são extremamente limitadas em abrangência e portanto inadequadas para descrever o indescritível. Por isso Ibn Abbas, o inspirado comentador do Qur’an , disse sobre Jannah (Paraíso), “Não existe nada no outro mundo das coisas desse mundo exceto os nomes!”

É nesse espírito que devemos falar das realidades das experiências do Paraíso.

Quando olhamos no Qur’an e na Sunnah, podemos concluir o seguinte sobre as experiências do Paraíso:

O Paraíso é onde todos os nossos desejos e sonhos são materializados; Allah diz: “Eles terão (no Paraíso) tudo que suas almas poderiam desejar, tudo que seus olhos poderiam se deleitar. E permanecerão nele eternamente.” (Az-Zukhruf: 71) “Nenhuma alma sabe o que lhe é mantido oculto das delícias dos olhos, como recompensa pelo que fizeram.” (As-Sajda: 17) O Profeta (saws) complementou com esse dito:

“Nele (i.e. Paraíso) é tamanha bênção que os olhos nunca viram, os ouvidos nunca ouviram e nenhuma mente jamais concebeu.”

À luz do que foi dito, podemos seguramente concluir que aqueles que dizem que o Paraíso é apenas espiritual ou intelectual em sua natureza são culpados de cometer um ato de arrogância absoluta, pretendendo saber melhor que o próprio Criador. Portanto, ao invés de cometer tais erros óbvios, preferimos ser humildes perante a revelação e recusar especular sobre os mistérios do outro mundo com a nossa razão.

Deixe-nos concluir: A experiência do Paraíso descrita no Qur’an e na Sunnah envolve a pessoa humana como um todo, incluindo suas faculdades físicas, intelectuais e espirituais. Porque o Paraíso é onde todas as possibilidades são materializadas de uma forma perfeita e impecável. Enquanto os prazeres desse mundo são contaminados pela imperfeição e são sempre temporários, os prazeres do Paraíso são eternos; enquanto os prazeres desse mundo são sempre seguidos ou precedidos de dor e sofrimento, os prazeres do Paraíso são bênçãos puras e indescritíveis.  Oramos a Allah que nos faça merecedores de entrar nesse estado supremo de bênção após termos deixado para trás a labuta e os testes desse mundo transitório e passageiro. Ameen.”

Allah Todo-Poderoso sabe melhor.

Fatwa retirada do site islâmico Islam Online.

 

Voltar para Perguntas